Translate this Page

Rating: 2.7/5 (2011 votos)


ONLINE
2





Partilhe este Site...


Nkisis
Nkisis

Cursos Online com Certificado

 Nkisis

  • AluvaiáBombo NjilaPambu Njila, Nzila : - Intermediário entre os seres humanos e o outros Nkisis (cf.Exú Orixá). Na sua manifestação feminina, é chamada de Vangira por algumas casas, muitas não aceitam o uso desse nome.
  • NkosiRoxi Mukumbe: - Nkisi de guerra e Senhor das estradas de terra. MukumbeBiolêBuréqualidades ou caminhos desse Nkisi.
  • Ngunzu: - Engloba as energias dos caçadores de animais, pastores, criadores de gado e daqueles que vivem embrenhados nas profundezas das matas, dominando as partes onde o sol não penetra.
  • MutalambôLambaranguange: - Caçador, vive em florestas e montanhas, Nkisi de comida abundante.
  • Gongobira ou Gongobila: - Caçador jovem e pescador.
  • Mutakalambô: - Tem o domínio das partes mais profundas e densas das florestas, onde o Sol não alcança o solo por não penetrar pela copa das árvores.
  • NzaziLoango: - São o próprio raio, entrega justiça aos seres humanos.
  • Kaviungo ou KavungoKafungê ou KafunjêKingongoKafundeji: - Nkisi da varíola, das doenças de pele, da saúde e da morte.
  • Nsumbu - Senhor da terra, também chamado de Ntoto pelo povo de Congo.
  • Hongolo ou Angorô (masculino) e Angoroméa/Nzinga Lumbondo (feminino): - Auxilia na comunicação entre os seres humanos e as divindades (representado por uma cobra).
  • Kindembu, Kitempu ou Nkisi Tempo: - Rei de Angola. Senhor do tempo e das estações. É representado, nas casas Angola e Congo, por um mastro com uma bandeira branca, chamada de Bandeira de Tempo.
  • Kaiango: - É o Nkisi dos ventos, tempestades.
  • MatambaBamburucemaNunvurucemavula: - Qualidades ou caminhos de Kaiango. guerreira, comanda os mortos (Nvumbe).
  • Nvunji: - O mais jovem do Nkisi, Senhora da justiça. Representa a felicidade de juventude e toma conta dos filhos recolhidos.

O Deus supremo e Criador é Nzambi ou Nzambi Mpungu; abaixo dele estão os Jinkisi/Minkisi, divindades da Mitologia Bantu. Essas divindades se assemelham a Olorun e Orixás da Mitologia Yoruba, e Olorum e Orixá do Candomblé Ketu.

[editar]Ritual

Na Angola, os sacramentos são:

  • 1 - Massangá: Ritual de batismo de água doce (menha), na cabeça (mutue), do iniciado (ndumbi), usando-se ainda o kezu (Obi).
  • 2 - Nkudiá Mutuè: (Bori)- ritual de colocação de forças (Kalla ou Ngunzu(Angola)= Asé(Axé) = Muki(Congo)), através do sangue (menga) de pequenos animais.
  • 3 - Nguecè Benguè Kamutué: ritual de raspagem, vulgarmente chamado de feitura de santo.
  • 4 - Nguecè Kamuxi Muvu: Ritual de obrigação de 1 ano.
  • 5 - Nguecè Katàtu Muvu: Ritual de obrigação de 3 anos (Nguece = obrigação), nessa obrigação, faz-se o ritual de mudança de grau de santo.
  • 6 - Nguecè Katuno Muvu: Ritual de obrigação de 5 anos, preparação quase que identica a de um ano, só que acompanhada de muitas frutas.
  • 7 - Nguecè Kassambá Muvu:ritual de obrigação de 7 anos, quando o iniciado receberá seu cargo, passado na vista do público, sendo elevado ao grau de Tata Nkisi (Zelador) ou Mametu Nkisi (Zeladora).
  • As obrigações, são de praxe para os rodantes, porque Kota (ekedi) e Kambondo (ogã), ja recebem seus cargos na feitura, portanto já nascem com suas ferramentas de trabalho, dão suas obrigações para aprimorar seus conhecimentos.
  • Em Angola, quem passa cargo são os enredos de Dandalunda. Isto é, não é preciso ser filho de Dandalunda, mas é ela quem autoriza aquela pessoa a receber o cargo.
  • Após 7 anos de obrigações, se renovarão a cada ano com rito de obi ou borí, conforme o caso, repetindo-se as obrigações maiores de 7 em 7 anos para renovar e conservar o indivíduo forte, transformando-o em Kukala Ni Nguzu- Um ser fotte.
  • Kunha Kele: Sacramento realizado 3 meses e 21 dias após a feitura (tirada de kele), quando o santo soltará a Kuzuela = Ilá.

Ordem de barco (sequência das pessoas recolhidas juntas para iniciação) na Angola

1º - Rianga, 2º - kaiadi, 3º - katatu, 4º - Kakuanam, 5º - katanu, 6º - Kassamanu, 7º - Kassambà.

Deixe seu comentario em nosso mural de Recados:

topo